O voo

10580174_738020159596082_6421290722240611106_n
 

¡Buenos días!

Hoje é dia de contar como foi andar de avião pela primeira vez!! O post será dividido em dois: quem escreverá primeiro será a Marina, logo em seguida, a Bruna.

Quando fui com o meu primo comprar a passagem aérea, escolhemos um voo com conexão em Assunção, Paraguai. No começo fiquei com medo, visto que era a primeira vez que viajaria de avião, sozinha e ainda ficaria cerca de 7 horas esperando em um lugar totalmente desconhecido o próximo voo.
Chegado o dia da viagem, minha família me levou ao aeroporto de Guarulhos. Minha vontade era de chorar loucamente na despedida, nunca imaginei ficar tanto tempo longe da minha mãe. Mas me mantive firme, porque eu sei que será uma experiência gratificante para todos. O voo até Assunção foi durante a noite e, inacreditavelmente, peguei no sono…
Não sei se foi sorte ou destino, mas duas pessoas apareceram para me fazer companhia no Paraguai. Uma mãe e uma filha do Tocantins iriam também para Santiago e estavam perdidas por não saberem falar em espanhol. No fim, ficamos as três conversando, tomamos café e passeamos pela lojinha do aeroporto. Nem vimos o tempo passar.
Nosso voo era as 05h35min da manhã do dia 22 de julho. Chegamos por volta das 8 horas. A viagem foi maravilhosa e muito tranquila, sem turbulências! A minha família chilena e a Bruna já estavam no aeroporto me esperando.
Quero poder muitas vezes mais andar de avião… É uma sensação incrível e a vista da janela, não preciso nem comentar, né?!

10580174_738020159596082_6421290722240611106_n

Eu, Bruna, viajei um dia antes da Marina. Cheguei ao aeroporto de Guarulhos duas horas antes do voo, já estava atrasada e ainda demorei a encontrar o lugar onde se fazia o check-in, fui uma das últimas pessoas a realizá-lo. Logo depois, fui correndo para a sala de espera achando que o avião voaria sem mim. E ao entrar no avião, ficamos uma hora a mais esperando um passageiro que ainda não havia embarcado. Com isso, mal tive tempo de me despedir com calma da minha família.
Tive um voo tranquilo e sem turbulências. A comida do avião era muito gostosa, exceto o doce. Sentei na janelinha e pude apreciar a vista. Fiquei admirada com as plantações em formato de discos e a nuvem que parecia algodão doce.
Quando cheguei a Santiago, só havia o meu voo desembarcando. Assim, foi fácil achar a minha mala e a minha família chilena.

bruna 1bruna 2bruna 3

Fiquem com Deus!

Besos,

Marina e Bruna.

Marina e Bruna

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *