3 Dicas para Você Evitar as Brigas com Seu Marido

Image-1-7
 

Bom dia virtuosas,

Estou viciada no site happywivesclub.com. Sempre leio ótimos artigos sobre casamento, e sempre que leio alguma dica que acredito ser realmente valiosa, logo penso em vocês. E ontem estava lendo um post muito interessante no site escrito por Kim Hall e quis trazê-lo para vocês. Eu gosto muito de ler artigos sobre casamento porque muitas vezes acho que só eu passo por determinadas situações com meu marido, mas quando leio sobre o assunto, sempre acabo percebendo que não é bem assim… Que a maioria dos casais tem os mesmos tipos de problemas e discussões que meu marido e eu. Às vezes vejo casais andando de mãos dadas, sorrindo e felizes e penso: será que eles são assim 24 horas? Será que nunca se desentendem? Será que não tem problemas? Discussões? Mas na realidade todos os casais tem suas diferenças e é impossível evitá-las, já que somos seres humanos, com identidade única e muito diferentes uns dos outros. Então, só o que nos resta é aceitar essas diferenças (não adianta querer fazer lavagem cerebral no seu parceiro… ele é assim e pronto! Dá pra melhorar? Sim! Mudar? Difícil!) e seguir em frente dia após dia, e com essas 3 dicas à seguir, tentar evitar brigas e conflitos dentro de casa. Vamos ver quais são essas dicas? ↓

” Será que seu casamento já passou por um momento difícil?

Talvez essa dificuldade tenha sido por causa do tempo, dinheiro, crianças ou visões diferentes para o futuro.

Seja qual for o motivo, muitas vezes ficamos com a cabeça quente e previsivelmente caminhamos para esse velho caminho rochoso que não vai para lugar nenhum!

O temperamento esquenta, os pensamentos saem e as palavras queimam!

Ao invés de viajar por esse caminho rochoso, eu tenho três sugestões que tenho praticado em casa para evitar brigas no meu casamento, e acredito que elas podem ajudar a tornar a caminhada mais suave no seu casamento também.

1. Quando você sentir vontade de gritar, fale em voz baixa. Vá devagar, respire fundo e espere alguns segundos antes de responder. Segure sua boca e meça as palavras também. Você pode se sentir bobo fazendo isso, eu sempre me sinto. Mas dessa forma é muito mais difícil sentir raiva. Seja muito cauteloso com o volume e o tom da sua voz, e com as palavras que você escolhe também.

Alimento para o pensamento: Se uma resposta ofensiva fossem suas últimas palavras para seu esposo/esposa, você se sentiria grato ou arrependido?

2.  Quando você sentir vontade de condenar, seja curioso e interrogativo. Sabia que você não pode ser curioso e ficar irritado ao mesmo tempo? Ser curioso ajuda a mantê-lo mais calmo e relaxado. Ser curioso também ajuda a criar um ambiente onde vocês se reúnem para resolver um problema ao invés de estar em desacordo sobre ele. Fazer perguntas de qualidade irá ajudá-lo a reunir informações úteis que irão iluminar e ajudar a resolver problemas. 

Alimento para o pensamento: Se você estivesse tendo essa conversa com um amigo ao invés do seu cônjuge, você seria mais compreensivo?

3. Quando você sentir vontade de esconder o afeto, seja abundantemente generoso com o seu amor. Isso exige abrir mão de mágoas e aborrecimentos e lembrar que seu relacionamento é mais importante do que os pratos na pia, a roupa suja no chão, ou o lixo que precisa ser retirado. Quando vocês estão conversando, sente-se lado a lado. Relaxe os músculos e respire profunda e lentamente. Lembre-se de como você se sentia quando você estava namorando e gostava de tocar seu parceiro, demonstrando todo o afeto e amor. Continue fazendo isso como se ainda estivessem namorando. O afeto pode juntá-los ainda mais fazendo com que as brigas e discussões diminuam.

Alimento para o pensamento: Se você tivesse apenas mais 5 minutos na Terra, você mudaria sua perspectiva e seu comportamento?

Pratique essas estratégias. Seja paciente, grata e indulgente com você mesmo e com seu cônjuge.

Mudar seus hábitos vai levar tempo, assim como eles demoraram para serem formados. 

Praticar essas dicas nunca fará sua comunicação ser perfeita, mas certamente fará com que seja mais produtiva e pacífica.

Que você encontre a felicidade onde quer que esteja!!! “

Kim Hall
HappyWives Club

Ótimo esse artigo, vocês não acharam? Eu amei e estou doida para colocá-lo em prática. Acho até que vou ligar para o meu marido e tocar em algum assunto polêmico aqui em casa pra ver se as dicas realmente funcionam!! Hahahaha… Brincadeira né? Eu odeio brigar! Acho que foi por isso que gostei tanto desse artigo. Evito brigar com qualquer pessoa! Muitas vezes, engulo sapo de atendentes de bancos e supermercados porque não tenho coragem de dar uma resposta à altura. Para alguns isso pode ser sinal de “trouxisse” da minha parte, mas pra mim estou apenas sendo pacífica, educada o suficiente para não descer no nível da pessoa que está sendo desagradável e fazendo uma coisa que é boa aos olhos de Deus, e dessa forma O agradando! Mas em casa, o assunto é outro. Meu marido e eu não vivemos em constante guerra, mas temos nossos desentendimentos como qualquer outro casal, e à partir de hoje vou usar essas dicas para evitar todo o tipo de conflito dentro de casa e fora também!!

Espero que essas 3 dicas possam ter dado uma luz para o fim das brigas com o seu marido/esposa e que vocês possam colocá-las em prática hoje mesmo.

E você? Tem alguma dica para evitar brigas com o marido que gostaria de compartilhar???

Fiquem com Deus e até a próxima!

Xoxo 😉

Christine

3 Comments

    •  

      Oi Jú! Eu sei que vocês gosta amiga! Sempre lembro de você quando estou escrevendo!! Eu também gosto muito!!! Beijos

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *