Transtorno Alimentar: Anorexia e Bulimia

Anorexia
 

Muitas pessoas gostam de comer.

Mas para uma pessoa com transtorno alimentar, isso traz muitos diferentes sentimentos. Eles tornam-se obcecados pelo pensamento de comer e têm um intenso medo de ganharem peso. Esses pensamentos destroem suas atividades diárias.

Os 2 nomes mais conhecido do transtorno alimentar são anorexia nervosa e bulimia nervosa. Na Anorexia as pessoas optam por não comerem nem mesmo quando estão com muita fome. Bulimia é um distúrbio onde a pessoa come muita comida (compulsão) e depois tentam desfazer os efeitos do que comeu de alguma forma, geralmente tentam libertar o corpo do alimento que foi comido vomitando. Algumas pessoas apresentam os sintomas da anorexia e da bulimia. (Um rápido lembrete sobre pessoas com distúrbio de compulsão-alimentar: Eles comem uma grande quantidade de comida em pouco tempo e têm um intenso sentimento de culpa depois disso, mas ao contrário das pessoas com bulimia, eles não se punem por isso.)

O que causa o transtorno alimentar?

Não há uma causa única para o transtorno alimentar. Mas muitos fatores podem conduzir ao transtorno alimentar. A genética desempenha um papel muito importante. Embora cada pessoa esteja em uma situação diferente, pessoas com transtorno alimentar apresentam os mesmos traços, como:

  • Sentem-se inseguras
  • Um desejo excessivo de estar no controle
  • Uma imagem distorcida do corpo (Sentem-se gordas até mesmo quando não estão)
  • Um histórico de depressão ou transtorno alimentar na família
  • Muitos problemas familiares
  • Sofreram abuso sexual ou físico
  • Sofrem pressão por alguma atividade que dão muito valor a boa forma física como corrida, ginástica, balé ou luta.

O que é anorexia?

Pessoas com anorexia têm uma imagem distorcida de seus corpos e o intenso medo de se tornarem pessoas gordas as fazem ficar sem comer o que as torna perigosamente magras. Muitas pessoas com anorexia também induzem o vomito e praticam exercícios exageradamente, e também podem abusar de pílulas para emagrecer para não ganharem peso. Essa condição pode ficar ainda pior, eles podem morrer por suicídio, problemas de coração, ou de fome.

Pessoas com anorexia gastam toda sua energia focando em ficarem magros. Gastam a maior parte do tempo pensando em comida.. Por exemplo, pessoas com anorexia podem:

  • Comer somente uma quantidade pequena de alimentos “seguros”, geralmente são de baixa caloria e gordura.
  • Cortar os alimentos em pequenos pedaços
  • Gastam mais tempo brincando com a comida do que comendo
  • Cozinham para os outros mas não comem
  • Praticam exercício compulsivamente
  • Vestem roupas largas para esconderem seus corpos, ou reclamam que roupas normais são muito justas
  • Passam a maior parte do tempo sozinhos e isolados da família e dos amigos
  • Tornam-se mais afastados e cheios de segredos
  • Aparentam depressivos ou ansiosos
  • Apresentam uma diminuição nas atividades, motivação e nível de energia
  • Fazem coisas para manterem suas mentes longe da fome, como mastigar a comida 30 vezes antes de engolir.

O que a anorexia faz com o corpo?

Ao longo do tempo, anorexia pode provocar danos no fígado e rins, danos nos ossos e problemas de coração. Quando o corpo está precisanado de comida, muitas alterações físicas podem ocorrer como:

  • Um sentimento constante de frio, por causa da perda de gordura e músculo a pessoa precisa estar sempre aquecida. ( Pessoas com anorexia podem se exercitar cada vez mais para tentarem sentir menos frio)
  • Tonturas, desmaios ou perto de desmaiarem
  • Ossos para fora e pele encolhendo ao redor dos ossos. O estômago pode parecer que está para fora (essa é a causa do anorexicos acharem que ainda estão gordos)
  • Perda de cabelo
  • Cabelos e unhas quebrados
  • Pele seca e enrugada
  • Pausa no período menstrual (ou nem começam quando a garota desenvolve anorexia antes da sua primeira menstruação). Essa condição é chamada amenoréia.
  • Dor de estômago, constipação e inchaço
  • Crescimento atrofiado que pode ser permanente
  • Anemia (baixa taxa de glóbulos vermelhos no sangue) causando cansaço, fraqueza e tontura
  • Perda das funções sexuais nos garotos

Quem corre o risco de desenvolver anorexia?

A maioria das pessoas com anorexia são garotas adolescentes ou mais novas. Mas os garotos também podem ser anorexicos. Adolescentes que desenvolvem anorexia geralmente são bons estudantes, sempre mais empreendedores. Eles se relacionam bem com as outras pessoas, tendem a serem perfeccionistas, e não admitem precisarem de ajudar com alguma coisa. Eles podem aparentar estarem no controle. Contudo, eles na verdade são inseguros, auto-críticos, e têm uma baixa auto-estima. Eles são muito preocupados em agraderem as outras pessoas.

A maioria das pessoas que desenvolvem anorexia começam com uma dieta. A dieta vai se tornando cada vez mais severa e estrita. Eles podem pensar que perdendo peso irão sentir-se melhor com eles mesmo. Dieta também pode ser uma resposta a uma grande mudança de vida como a chegada da puberdade ou a ida para a faculdade. Por causa da baixa auto-estima das pessoas com anorexia, para eles esse tipo de mudança é muito difícil pois eles sentem que estão perdendo o controle da situação. Ao longo do tempo, a dieta não serve mais para perder peso, mas é uma forma de sentirem-se no controle.

Quando a pessoa precisa de ajuda?

É importante notar os sinais de anorexia cedo antes que seja tarde demais. Quanto antes o transtorno alimentar é reconhecido, maior a chance de recuperação. Se alguém está tendo sintomas físicos causado pela perda de peso ou a resposta “sim” e qualquer uma das questões à seguir, essa pessoa pode estar precisando de ajuda

  • Eu não posso parar a dieta, embora eu tenha dito que perdi muito peso”
  • “Embora eu tenha perdido muito peso, quando olho no espelho, eu ainda me sinto gordo”
  • Eu não posso parar com os exercícios”

O que é bulimia?

Bulimia é um outro tipo de transtorno alimentar extremamente prejudicial à saúde física e mental das pessoas. Bulimia e anorexia apresentam alguns dos mesmos sintomas:

  • Na anorexia, comida e estar magro se tornam obsessões, mas ao contrário de evitar os alimentos, pessoas com bulimia comem uma grande quantidade de comida em pouco tempo (compulsão)
  • Culpa e medo podem causar a eles vontade de se livrarem dos alimentos ingeridos por vomito ou outras maneiras como o exercício excessivo

Pessoas com bulimia tem uma grande dificuldade de controlar sua educação alimentar. Eles podem ter medo de comer em público ou com outras pessoas porque eles têm medo de não serem capazes de controlarem seus instinto de compulsão e vômito. Esse medo pode fazer com que eles evitem estarem no meio de pessoas. Eles também podem:

  • Se esconderem para comer
  • Passarem muito tempo pensando e planejando a próxima compulsão, deixando-se de lado por causa da compulsão e vômito, ou evitando atividades sociais pelo mesmo motivo
  • Roubar comida ou escondê-las em lugares estranhos, como embaixo da cama ou dentro do guarda-roupa
  • Compulsão por alimentos de cores distintas para saberem quanto tempo a comida demora para sair do corpo
  • Expulsar de seus corpos os alimentos consumidos geralmente induzindo o vômito

Pessoas com bulimia geralmente sofrem com outros problemas como:

  • Depressão e pensamentos suicidas
  • Abuso de substâncias

O que significa comer compulsivamente e vomitar?

Comer compulsivamente

  • Durante uma compulsão, pessoas com bulimia comem uma grande quantidade de comida, muitas vezes em menos de algumas horas
  • Comer durante uma compulsão é quase uma estupidez. Eles comem sem prestarem a atenção no sabor dos alimentos ou se eles ainda estão com fome ou se já estão cheios
  • A compulsão geralmente só termina quando a comida acaba, seu estômago chega a doer de tão cheio de comida, ou quando alguma coisa acontece como o telefone toca e interrompe sua concentração.

Vomitar

  • Depois da compulsão, pessoas com bulimia sentem-se culpadas e ficam com medo de engordarem. Para aliviar essa culpa e medo, eles expulsão a comida de seus corpos vomitando ou de outras formas
  • Eles também podem começarem a fazer exercício excessivamente ou uma dieta estrita
  • Há um período de controle até a próxima compulsão, e então o ciclo começa novamente. Bulimia se torna uma tentativa de controlar 2 impulsos muito fortes – o desejo de comer e o desejo de ser magro.

O que a bulimia faz para o corpo?

Assim como a anorexia, bulimia traz danos para o corpo. Por exemplo:

  • Os dentes começam a carear em contato com os ácidos do estômago durante os vômitos
  • O peso sobe e desce
  • Períodos menstruais se tornam irregulares ou param completamente
  • O rosto e garganta aparentam estarem fofos e inchados
  • Períodos de tonturas e desmaios ocorrem
  • Desidratação causada pela perda de fluídos no corpo pode ocorrer (pode ser que a pessoa precise ser tratada no hospital quando atingem essas condições)
  • Constante enjoo, constipação, e dor de garganta podem aparecer
  • Danos em órgãos vitais como o fígado e rins, problemas de coração e morte podem ocorrer

Quem tem bulimia??

A maioria das pessoas com bulimia são garotas na adolescência e mulheres mais novas. Mas garotos também podem ser bulêmicos. Pessoas com bulimia tem dificuldade em controlar seus impulsos, estresse e ansiedade. Assim como a anorexia, pessoas com bulimia não estão felizes com seus corpos e pensam que estão gordas. O que os conduz ao regime. Em seguida, em resposta à ansiedade e outras emoções ou a fome, eles dão para seus impulsos e desejos por comida a compulsão alimentar. Pessoas com bulimia podem estar abaixo do peso, acima do peso ou no peso correto.

Como o transtorno alimentar é tratado?

Quanto antes um transtorno alimentar é reconhecido, maior as chances do tratamento funcionar. O tratamento depende de muitas coisas, incluindo a boa vontade da pessoa em mudar, suporte da família, e o estágio em que se encontra o distúrbio alimentar.

O sucesso no tratamento de transtorno alimentar envolve um trabalho de esquipe. A equipe inclui muitos profissionais da saúde trabalhando juntos, cada um trata um aspecto do transtorno. O tratamento deve começar com uma visita ao pediatra para ver como o corpo está sendo afetado pelo transtorno alimentar. Se os efeitos estiverem sendo severos, a pessoa pode precisar de um tratamento médico ou até ser hospitalizado.

O tratamento de anorexia, o aumento de peso na pessoa é crucial. Se essa pessoa recusa comida, hospitalização pode ser necessário para que seja feita uma nutrição adequada. Pessoas com bulimia também podem precisar serem hospitalizadas para tratarem complicações médicas, reporem alguns nutrientes necessário para o corpo ou pararem o ciclo de compulsão e vômito.

Aconselhamento é uma parte importante do tratamento. O aconselhamento pode ajudar as pessoas com transtorno alimentar entenderem que eles usam a comida como uma forma de aliviarem os problemas e sentimentos. Isso os ajuda a melhorarem sua auto-imagem e desenvolverem a confiança de terem controle sobre suas vidas. A terapia familiar geralmente é necessária para ajudar os membro da família a entenderem o problema, como encorajar e apoiar, e como ajudar a administrar os sintomas. Aconselhamento nutricional também é recomendado para pacientes assistidos e famílias que buscam hábitos saudáveis na alimentação.

Viver com transtorno alimentar é muito difícil para os adolescentes e suas famílias! O desgaste sobre o corpo é tremendo. Sem ajuda, uma pessoa com transtorno alimentar pode ter sérios problemas de saúde, tornando-se muito magro e até morrer. Contudo, com tratamento, a pessoa pode sarar e ter uma vida saudável.

Por isso preste muita a atenção no comportamento do seu filho e na forma como ele anda agindo na hora da alimentação. Qualquer suspeita de transtorno alimentar procure um médico imediatamente.

Fica a dica meninas.

Se você gostou desse post dá um “curtir” por favor e compartilhe com seu amigos!

Fiquem com Deus e até a próxima!

Xoxo 😉

Christine

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *