Outubro Rosa: Mês do Combate ao Câncer de Mama

outubro-rosa
 

Outubro é o mês mundial de combate ao câncer de mama e o post de hoje é um alerta para todas as mulheres. Leiam com atenção o plano à seguir e vejam em qual parte vocês se encaixam para fazer os exames capazes de detectar a doença. Não deixem para amanhã o que se pode fazer hoje. Nosso corpo é o templo do Espírito Santo e por isso precisamos cuidar muito bem dele!!! ↓

Plano de três ações para detectar o câncer de mama

PARTE A: MAMOGRAFIA

A parte mais importante desse plano de ação é fazer regularmente a mamografia. O raio-x dos seios é um exame simples, rápido, fácil e seguro. Em fato, a mamografia usa menos radiação do que o raio-x do dentista.

E a mamografia pode ser de grande ajuda para o início do tratamento. Você e seu médico podem não sentir um caroço até ele estar do tamanho de uma ervilha. Mas a mamografia pode achar um câncer enquanto ele ainda é bem pequeno, sem ter que esperar vários anos até que ele se torne um caroço ou alguma diferença possa ser sentida ou notada.

Aconselha-se que as mulheres devem fazer mamografia regularmente à partir dos 40 anos de idade.

Quanto mais você idade você adquirir, maiores serão as chances de contrair um câncer de mama. Mais de 3/4 das mulheres que desenvolvem o câncer de mama têm 50 anos ou mais. Se você já atingiu os 40 anos e ainda não começou a fazer os exames para detectar o câncer de mama, converse com seu médico o mais rápido possível e marque uma mamografia.

Vale lembrar que se você tem caso de câncer de mama na família (avós, tias, mãe, irmãs) você deve começar com os exames à partir dos 30 anos, pois a chance de você também desenvolver um câncer de mama é maior.

PARTE B: EXAME DE MAMA

Você precisa ver seu médico para um exame de mama. Todas a mulheres entre 20 e 39 anos devem fazer o exame de mama durante a visita ao ginecologista pelo menos a cada 3 anos. Depois dos 40 anos de idade, o exame de mama deve ser feito todos os anos.

Como esse exame de mama deve ser feito?

Todos os exames de mama feitos pelo seu médico devem incluir:

  • Fazer um histórico da sua saúde pessoal que inclui perguntas sobre qualquer mudança ou problema nos seus seios, perguntas sobre o histórico de saúde da sua família e se algum membro da sua família já teve câncer de mama
  • Olhar os seus seios enquanto você está de pé em frente ao espelho com suas mãos pressionando seus quadris para baixo.
  • Examinar toda a área dos seios, incluindo próximo ao pescoço, embaixo das axilas, no centro do peito, e a parte inferior da caixa torácica
  • Examinar o seio usando uma faixa vertical (para cima e para baixo) padrão para se certificar de que nenhum tecido mamário foi esquecido
  • Usar diferentes níveis de pressão para examinar a mama (leve, médio e profundo)
  • Discutir como está a saúde das suas mamas com você mostrando a maneira correta de você examinar suas próprias mamas

O tempo de duração de um exame de mama é de aproximadamente 10 minutos. Converse com seu médico se você sentir que seu exame está incompleto ou rápido demais.

PARTE C: AUTO-EXAME DE MAMA

Você deve se familiarizar com seus próprios seios olhando-o e tocando-o regularmente, e caso você note alguma mudança nas mamas procure seu médico imediatamente para que um exame mais profundo seja feito. Você pode se familiarizar com seus seios fazendo o auto-exame de mamas – confira se há caroços, a espessura da pele ou qualquer outra mudança.

Peça para seu médico ensiná-la a maneira correta de se fazer o auto-exame nas mamas. Lembre-se de checar todo o seio, incluindo embaixo das axilas, durante o auto-exame. Use a ponta dos seus dedos e os mova em pequenos movimentos circulares usando diferentes níveis de pressão (leve, médio e profundo) para sentir toda a mama. Olhe seus seios no espelho para verificar se há alguma mudança nas mamas ou ondulações na pele.

Procure examinar suas mamas no mesmo dia do mês, todos os meses. Assim você não ficará muito tempo sem se auto-examinar. E você saberá que fez sua parte até a próxima consulta com o médico.

Se você acha que encontrou um caroço ou alguma diferença nas mamas, procure o médico. A maioria das mudanças nos seios não são câncer, mas você não saberá se não perguntar ao médico.

Suas Chances são Excelentes

Comece seu plano de ação agora. Nós não sabemos como prevenir o câncer de mama, mas nós sabemos como diagnosticá-lo precocemente, quando a chance de um tratamento com sucesso é grande.

Coloque seu plano em ação o mais rápido possível e então você poderá continuar vivendo sua vida e ficar bem.

O que você precisa saber

Qualquer mulher pode desenvolver o câncer de mama. Muitos cânceres de mama podem ter sucesso no tratamento, mas as chances para um tratamento de sucesso é maior quando o câncer é descoberto logo no início.

Conscientize-se

Câncer de mama pode acontecer em qualquer idade, mas é mais comum em mulheres com 40 anos ou mais.

Algumas mulheres – por causa do histórico familiar, uma tendência genética, ou alguns outros fatores – podem ter uma chance maior de desenvolverem o câncer de mama do que outras.

Essas mulheres podem precisar de uma ressonância magnética, além da mamografia. Converse com seu médico sobre o seu histórico para saber se você precisa fazer exames e a mamografia antes dos 40 anos.

Sua melhor defesa

Quando o câncer de mama é descoberto nos primeiros estágios, as chances do sucesso no tratamento são maiores.

Se você tem 40 anos ou mais:

  1. Faça a mamografia e continue fazendo regularmente mesmo que sua saúde esteja perfeita.
  2. Tenha o exame de mama como parte dos seus exames periódicos de saúde, de preferência uma vez ao ano.
  3. Qualquer mudança nos seus seios e mamas procure um médico imediatamente. O auto-exame de mamas é a melhor opção para encontrar essas mudanças.

Se você tem entre 20 e 39 anos:

  1. Tenha o exame de mama como parte dos seus exames periódicos de saúde, de preferência uma vez a cada três anos.
  2. Qualquer mudança nos seus seios e mamas procure um médico imediatamente. O auto-exame de mamas é a melhor opção para encontrar essas mudanças.

fonte: American Cancer Society

Agora que vocês já sabem todas as formas possíveis de se detectar um câncer de mama, mãos à obra!!

Fiquem com Deus e até a próxima!

Xoxo 😉

 

 

Christine

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *