Inutilidades: Aspirador de Ouvido

aspirador de ouvido
 

Olá meninas,

Sabe aquelas coisas que nós compramos poque está na promoção ou porque vemos na televisão e achamos que é uma coisa sensacional ou simplesmente porque estamos com vontade de comprar, mas que no fundo, aquilo que compramos,  não tem utilidade nenhuma e ficam apenas ocupando espaço no armário até nós nos darmos conta de que aquilo é completamente inútil e resolvemos dar um fim na tal infeliz compra que fizemos?? Pois é… eu tenho muitas dessas coisas em casa e resolvi mostrar algumas delas para vocês.

aspirador de ouvido

 

Para começar, trouxe para vocês hoje, esse revolucionário aspirador de ouvido. Isso mesmo gente… Esse aparelinho serve para aspirar a sujeira, cera, água ou que quer que seja que esteja dentro do ouvido. Como isso veio parar em casa?? Eu conto. Da última vez que meus pais estiveram em casa, meu pai viu a propaganda desse aspirador e achou super útil e quis comprar. A sorte dele é que não ia dar tempo do aspirador chegar antes da data que ele ia embora. Por isso ele não comprou. E aí?? Como esse trambolho chegou em casa??

Mas, a outra sorte do meu pai, é que ele tem dois filhos exemplares e que amam vê-lo feliz e satisfeito. Quando meu irmão veio nos visitar, vimos o tal aspirador no supermercado por 10 dólares, e comentei com ele que meu pai queria muito um, e meu irmão, querendo agradá-lo, comprou um para ele, e meu marido que nunca tinha visto a propaganda do aspirador, ficou indignado por ele não conhecer tamanha invenção, e é claro, comprou um para nós também. E desde o dia em que chegamos com o tal aspirador que ele se encontra no mesmo lugar, completamente inutilizado. A pergunta é: pra quê eu quero um aspirador de ouvido??? E a segunda pergunta é: será que meu pai tem usado isso?? Espero que sim, afinal, esse era o “sonho de consumo” dele. 🙂

Agora falando a verdade, já vi meu marido usando o aparelho umas duas ou três vezes, mas nunca tive curiosidade de testar em mim ou de perguntar se limpa mesmo, ainda mais que não acho essa idéia muito higiênica.

E vocês?? O que vocês compraram mas que não tem utilidade nenhuma para vocês?? Deixem seu comentário me contando e o próximo post de “Inutilidades” pode ser seu.

Fiquem com Deus e até a próxima.

Xoxo 😉

Christine Bueno

Lugares: Restaurante Gordon Ramsay

LIFESTYLE-FRANCE-BRITAIN-GASTRONOMY
 

Bom dia formosas,

LIFESTYLE-FRANCE-BRITAIN-GASTRONOMYAlguém aí já ouviu falar do chef Gordon Ramsay? Ele é aquele chef que fica gritando com os participantes do programa Hells Kitchen exibido pela emissora FOX. Ele é nascido na Escócia, e chef especializado nas cozinhas francesa, italiana e britânica. O chef, que é uma celebridade, vale hoje mais de 50 milhões de dólares. Por cada episódio do programa Hells Kitchen que vai ao ar, ele recebe a bagatela de 250 mil dólares, sem contar a grana que ele faz com os vários restaurantes que ele tem espalhados por 7 paises, e para vocês terem uma idéia da grandeza do que eu estou falando, só no Reino Unido ele possui 11 restaurantes. Além disso ele escreveu uma série de livros culinários e alguns se tornaram bestsellers ao redor do mundo. Enfim, vamos acabar com essa aula de Gordon Ramsay e ir direto ao assunto.

Um dos restaurantes dele, de culinária francesa contemporênea (não me perguntem o que isso significa 🙂 ), fica localizado dentro do hotel The London, em Manhattan, NY, pertinho da minha casa.  Em um belo dia, meu marido e eu resolvemos fazer algo completamente diferente do que estamos habitudos a fazer e dar um “pulinho” no restaurante do tal Gordon para ampliar nosso leque de experiências. E que experiência!! Para começar que a reserva foi feita com uma semana de antecedência e um dia antes de irmos uma funcionária do restaurante ligou para o meu marido para confirmar a reserva e fazer um lembrete à ele de que não podia entrar de tênis, jeans ou qualquer outra roupa esporte. O negócio é sério!! Ah, e ela pediu também que nós chegássemos com 15 minutos de antecedência do horário marcado.

Nós chegamos 8:15 da noite, já que nossa reserva era para às 8:30. Entramos no hotel e seguimos para o restaurante. A recepcionista, muito simpática, confirmou nossa reserva e nos acompanhou até a porta do restaurante. Para chegarmos no restaurante nós atrevessamos o MAZE – by Gordon Ramsay, que é um resturante mais descontraído, para quem está afim de comer um hamburguer com Coca-Cola, mas muito elegante também.

Entramos no restaurante onde haviam apenas 16 mesas e um ambiente extremamente glamuroso e a comida servida em pratos de porcelana e tralheres de prata. E eu me sentindo um peixinho fora d’água mas tentando demonstrar naturalidade como seu eu comesse em retaurante francês toda semana. Meu marido já havia ido em restaurante chique antes e se comportou direitinho. O maitre trouxe o cardápio e recolheu nosso pedido. Nós escolhemos a opção de 3 courses, ou seja, entrada, prato principal e sobremesa. O garçon das bebidas veio com seu carrinho repleto de vinhos e champagnes, como nós não bebemos bebida alcoólica, optamos por um suco cítrico com pepino delicioso.

Antes de nos servirem o prato de entrada que escolhemos, eles nos trouxeram um pequeno aperitivo de “crab cake”, bolo de carangueijo acompanhado de uma sopa de tomate gelada no copinho. Perfeito! Depois nos foi servido mais um copinho com uma espuminha e um pouquinho de sorvete de cenoura!! Uma delicia! Em seguida trouxeram nosso prato de entrada. O meu era de vieiras, ostras e lagosta. O do meu marido era fígado de pato, a aparência era muito apetitosa mas ele disse que é nojento :). Depois nos trouxeram uma variedade de pães para escolhermos um, nós optamos pelo de azeitona, que diga-se de passagem, chaga a ser um sonho. Escolhi para o prato principal pato grelhado e meu marido optou pelo cordeiro. Em seguida nos trouxeram um suspiro de morango delicioso e nossas sobremesas, uma coalhada de limão acompanhada de um sorvete de manteiga marrom. O nome não apetece não é mesmo??? Mas é maravilhoso!!!!  Infelizmente não tiramos fotos. Estávamos tão entretidos com a beleza e perfeição dos pratos que acabamos esquecendo de registrá-los. Mas peguei algumas fotos na internet para mostrar para vocês. Não achei dos pratos que comemos, mas pelos outros já dá para ter uma noção.

Interior do restaurant Gordon Ramsay at The London

Interior do restaurante Gordon Ramsay at The London

Entrada de beterraba marinade com ricotta e molho de vinho

Entrada de beterraba marinada com ricota e molho de vinho

Entrada de vieiras grelhadas, purê de uva-passas e purê de couve-flor

Entrada de vieiras grelhadas, purê de uva-passas e purê de couve-flor

Carne de porco com chucrute e ova-passas defumada

Carne de porco com chucrute e uva-passas defumadas

Parfait de manga com laranja e geléia de aniz

Parfait de manga com laranja e geléia de aniz

E depois de tudo, eles nos trouxeram uma mesa repleta de doces, chocolates e biscoitos e nós pudemos comer o que e quanto queríamos, mas nessa altura do campeonato tudo o que eu mais queria era um copo de sal de frutas de tão cheia que eu estava me sentindo. E quando eu achei que tinha acabado, eles nos trouxeram o café e um presente do restaurante: uma caixa com 3 trufas para cada um de nós. Tratamento VIP. E quase 3 horas depois eu já estava pronta para receber a conta, a nossa não ficou muito cara, 450 dólares pagou essa experiência fantástica, mas isso porque não consumimos bebidas alcoólicas, pois cada taça de vinho ou champagne custam em média 40 dólares.

No final das contas, tivemos uma noite inesquecível, repleta de experiências marcantes e muito romântica. Valeu muito à pena cada centavo que deixamos naquele restaurante. Eu volto para mais um jantar sem pensar duas vezes e recomendo para quem gosta de provar novas experências e de uma boa culinária!!!

Espero que tenham gostado de saberem de mais essa experiência!!

Fiquem com Deus e até a próxima!

Xoxo 😉

Christine Bueno